Resenha - A Estrada da Noite

Veja o livro no Skoob.

Nome: A Estrada Da Noite
Autor: Joe Hill
Editora: Arqueiro
Páginas: 254

Uma lenda do rock pesado, o cinqüentão Judas Coyne coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta. 

"Vou 'vender' o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto..."
Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas - o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um.
Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora.
O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente - verdadeira sentença de morte. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar. O morto é Craddock McDermott, o padrasto de uma fã que cometeu suicídio depois de ser abandonada por Jude. 
Numa corrida desesperada para salvar sua vida, Jude faz as malas e cai na estrada com sua jovem namorada gótica. Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em A estrada da noite - e nada é exatamente o que parece.
Ancorando o sobrenatural na realidade psicológica de personagens complexos e verossímeis, Joe Hill consegue um feito raro: em seu romance de estréia, já é considerado um novo mestre do suspense e do terror. 


Quando eu li a sinopse do livro eu pensei "Nossa, esse livro deve ser demais..." e eu quis lê-lo na mesma hora. Ganhei ele no meu aniversário e tive uma decepção, era versão econômica. Não é que quem me deu era pão duro e quis me dar o mais barato, não existe versão normal desse livro, todos os exemplares são daqueles estilos: sem orelha, divisão de capitulo na mesma página, letras minusculas.. Isso já me desanimou, mais eu estava muito curioso e comecei a leitura. Já no primeiro capitulo eu pensei "Nossa, o autor me joga no meio da história assim, sem explicar quem é quem..." mais depois eu percebi que o autor revelava as coisas do passado ao decorrer do livro, e isso é um dos aspectos positivos do livro, pois quando você descobre sobre o passado dessa pessoa e qual é a verdadeira relação dela na história o livro fica mais interessante!


Quando eu li a sinopse eu pensei "Nossa, esse Jude deve ser o maior psicopata, se ele gosta de colecionar essas coisas macabas ele deve ser um louco, que mata por pouco, mais quando eu comecei a leitura eu vi que ele não coleciona essas coisas por que ele gosta, na verdade esses objetos só aparecem nas primeiras páginas, depois eles nem são citados. Acho que o autor só colocou isso na história pra ter um motivo em Jude comprar o Paleto do morto. 

No começo eu não gostava muito de Jude, o personagem principal. Eu tive a sensação que ele é um homem revoltado e não pensava muito nos outros, ele vivia no mundo dele e não se importava se isso iria atingir a vida de quem está do seu lado ou não. Eu acho que isso acontece por ele ser famoso. Ao decorrer do livro, quando ele vai se tocando e vê que o que ele faz ou diz atinge outras pessoas ele vai mudando seu jeito de ser e começa a ser mais humano. Georgia (Marybeth) é uma das pessoas que Jude trata mal, e ela começa a o tratar mal por isso. Mais ao decorrer do livro Jude vê que Georgia o ama, pois ela não o abandona, menso sabendo que a vida dela page por isso no final. 

O terror no livro é bem colocado. Eu lia o livro de noite e confesso que qualquer barulho na casa me assustava. O fantasma, Craddock McDermott no começo parece só um homem que quer se vingar de uma coisa que aconteceu no passado, mais ao decorrer do livro, quando o que realmente aconteceu no passado é revelado, eu comecei a sentir nojo de Craddock. Enquanto eu lia eu me colocava no lugar de Jude, e eu sentia pena dele, pois eu me imaginava com um espirito enfurecido atrás de mim, que tem a habilidade de me hipnotizar e fazer eu me matar e matar quem esta do meu lado. Eu acho que eu não iria aguentar tentar lutar contra esse espirito. 

Eu gostei da escrita do Joe, as vezes eu ficava meio confuso sobre o que realmente estava acontecendo, mais eu acho que é por causa da fonte que era muito pequena e me deixava cansado. Gostei bastante também dessa coisa de ele deixar para revelar as coisas ao decorrer da história, e não logo no inicio, deixa a leitura mais interessante e muito mais gostosa, a cada página a minha vontade de terminar o livro aumentava.

O meu personagem preferido no livro na verdade não é um, são dois, e eles não são humanos. Angus e Bon, os cachorros de Jude. Eles são muito fieis e também não abandonam ele nessa aventura mortal. Eles são muito fofos e não pensam duas vezes em defender seu dono. Outra personagem que eu gosto bastante e que eu senti muita pena é Anna. No começo eu achava que ela era louca, mais depois que eu descobri o passado dela eu fiquei com muita pena dela, querendo cuidar dela. Esse é um dos exemplos de como Jude era arrogante no passado. Não vou contar muito a história para não estragar as surpresas! haha

A capa do livro é linda, ela é fosca e gostosa de passar a mão, só o que é ruim é ela não ter orelha e ter um material mole, isso faz com que ela estrague muito fácil, eu tive que colocar durez em todas as pontas para que ela não se dividisse em dois. Achei que o final foi muito final feliz.. Não sei, mais acho que eu gosto de finais tristes! haha.. Mais até que o final ficou bom. Dei três estrelas pelo livro ser estilo versão econômica, e a leitura me cansava. Pelo jeito não vai ter continuação. Se bem que eu pensei em uma história para continuar bem legal, mais deixa pra lá! haha

Joe Hill escreveu outro livro, "O Pacto", e eu gostei muito da sinopse, que já me deu um pingo de medo! Com certeza eu vou querer ler esse livro dele, e tem uma coisa que já é melhor do que esse livro: ele não é estilo versão econômica. \O/


O Pacto - Joe Hill
Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. [Leia +]

23 comentários:

  1. > SOu eu, o Fernando do Skoob ^_^ <
    Eu estou com o livro aqui, e será minha próxima leitura.. e me desanimei com sua resenha.. Não que ela seja ruim, ela está ótima.. é que eu esperava do livor o mesmo que você '-' MAs mesmo assim, com esses pontos negativos, quero ler !!

    Abraços,
    Fernando

    http://nerdliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AH, se você gosta de histórias de terror pode ler, esse livro nesse ponto é ótimo... A coisa que estraga nele é a fonte pequena, eu cansava muito lendo. Me conta depois o que você achou! =)

      Abraço

      Excluir
  2. Olá,
    Muito bom o blog, Parabéns \0
    Nossa, fiquei com muita vontade de ler este livro. Gostei tanto da capa quanto da história!
    E essa resenha só me fez aumentar essa ansiedade em ler o livro :D
    Thales

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thales..
      Obrigado! Bom, como eu comentei no comentário de cima, se você gosta de histórias de terror, pode ler que você vai adorar! =)

      Abraço!

      Excluir
  3. Pela nota eu achei que o livro fosse apenas razoável, mas quando li resenha vi que vc só deu essa nota por causa da versão do livro que era economica e então tinha fonte pequena, o que pode ser algo realmente irritante eu sei, nada pior do que forçar a vista para ler, me deixa com dor de cabeça.
    Até hoje nunca li um livro do Stephen King nem do filho dele, o Joe, o que é uma vergonha pq todos falam super bem deles, mas nessas férias quando eu tiver mais tempo para ler eu vou com certeza ler pelo menos um.
    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo..
      Então, eu dei 3 estrelas por causa da edição e do final, poderia ter sido menos "e foram todos felizes..."
      Não sabia que o Joe era filho do Stephen. Quero muito ler algum livro dele, ele deve escrever muito bem. Gostei bastante da escrita de Joe.. tomara que "O Pacto" seja melhorzinho!

      Abraço!

      Excluir
  4. Assim como o Rodrigo, nunca li Stephen nem Joe. Que tensa essa sinopse de O Pacto! @_@ A Estrada da Noite parece ter um suspense bom. Mas não tem mesmo nenhuma edição com uma diagramação melhor, pelo menos?

    Cheguei ao teu blog pelo teu recado no meu perfil do Skoob. :-) Já estou seguindo. Passa lá no MúsicaTVetc; comenta e segue também! :)

    Abraços.
    Gabriel C. - Música, TV etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então.. A menina que me deu o livro comprou ele no site da saraiva, e não tava com preço de versão econômica não. E eu fui ver na loja da Saraiva, lá só tem essa versão.. Nunca vi nenhuma edição melhor! Se tiver vou querer comprar e trocar o que eu tenho! haha...

      Pode deixar que eu sigo sim! =)

      Abraço!

      Excluir
  5. Engraçado.. eu tenho esse livro e na minha edição ele tem orelhas. Li aqui e corri na estante pra conferir, porque ODEIO versões econômicas! kkkkkkkkkkkkkkkkk tenho pavor mesmo, sério. Perdi a conta de quantos livros (re)comprei e troquei o antigo porque era versão econômica rs

    E sobre sua resenha, concordo em tudo! Também achei que o fato do Jude comprar aquele monte de coisas estranhas foi só pra ter um motivo dele comprar o paletó. Porque ele simplesmente não ganhou isso de algum fã louco?? Ele não ganhava muita coisa desse tipo/ Pra mim seria o mais certo.. mas enfim rs Morri de medo ao ler o livro, também li à noite e confesso, dormi com a luz acessa nesse dia (e nos dois seguintes) kkkkkkkk sempre fico impressionada com essas coisas, não sei porque ainda leio rs

    O Pacto tá na minha lista de desejos faz tempo!!!

    Bom, é isso rs eu vim aqui outro dia mas passei tão correndo. ia comentar no seu post sobre a Avril.. me deu uma nostalgia bem gostosa ler aquele post, mas enfim, como eu tava atrasadíssima eu saí correndo rs

    mas voltei! rs

    beijão, estou te seguindo! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SÉRIO.. onde você comprou!? =O
      ODEIO livros versão econômica também, é horrível de ler, da até preguiça de pegar o livro e ler.. Pra você ter uma noção, eu demorei um mês para terminar esse livro!

      É, eu senti que esses objetos que ele coleciona não tem muita importância para ele. Até que quando o paleto chega ele joga ele em um canto e fica um tempo sem nem lembrar dele. Esse livro da um medinho mesmo! haha.. Eu ficava pensado "E se um espirito quiser me perseguir também, o que eu faço?".. haha..

      Eu também estou muito curioso para ler "O Pacto", parece ser muito bom.. Pode voltar aqui sempre.. e comente! =)

      Beijos!

      Excluir
  6. Estou louca pra ler esse livro, mas a edição que eu vi o livro tem orelhas sim, eu tb odeio versões econômicas de verdade.

    Beijos,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, segunda pessoa que fala que já viu ele com orelhas.. Eu já vi ele em um monte de livrarias sem orelha.. que raiva!

      Beijos

      Excluir
  7. Oi Allan!

    Adorei a resenha, você explicou bem o livro pelo seu ponto de vista e imparcialmente, de forma que o leitor continuasse a desejar o livro independentemente da sua opinião, o que aprecio muito.

    Vou passar a acompanhar o blog, já favoritei aqui e estou seguindo!

    Parabéns!

    Beijos,

    Natalia Leal
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Natalia...

      Obrigado pelos elogios, a cada resenha acho que melhoro minha escrita.. haha..
      Obrigado por visitar o blog, vou passar lá no seu também! =)

      Beijos...

      Excluir
  8. Oi! Vi seu recado no Skoob e vim conferir seu blog! Tá muito bom, parabéns! Já estou seguindo.

    Quando puder, passa lá no meu também!

    www.elasleram.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliana..
      Obrigado por visitar o blog.. e é claro que eu vou passar lá no seu e seguir também! :)
      Sucesso pra nós! \O/

      Beijos

      Excluir
  9. Ain.. nem me fale de capa economica... caiu agua na capa desse livro meu e ela abriu em 4... choreilitros
    Apesar de não ser meu estilo de leitira preferido, eu até que gostei desse livro, e claro, os personagens mais legais são os cachorros.
    Eu algumas partes eu ficava meio impressionada porque eu me sentia assistindo a um filme de terror desses de espiritões malignos, tipo Samara e cia, a solta.

    Passa lá no meu blog tb pra conhecer. Te convidei pelo Skoob, mas acho que vc não deve ter visto o recado...
    http://livrosechocolate.blogspot.com.br/

    Bjoka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flavia...

      Ah, essa capa é muito ruim.. A minha também começou a se dividir, isso que nem caiu água, ai eu coloquei durex nos cantos para ela parar.. E resolveu! hahaa

      Ah, desculpa, é que meus dias estão sendo uma loucura, nem to entrando muito no skoob.. Hoje que eu vou tentar entrar lá parra responder a turma! haha..

      Beijos

      Excluir
  10. Esse livro deve mesmo meter medo. Bem se eu fosse ler seria de dia ou com claridade, mas a intensão de assustar deve ser demais. Adorei a sua resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHASHSAH.. É Suellen, esse livro da um medinho sim! haha
      Beijos

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Gostou? Comente: