Resenha - Quem é Você Alasca?

Nome: Quem é Você Alasca?
Autor: John Green
Editora: Martins Fontes
Páginas: 229

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola a procura daquilo que o poeta francês François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda e Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultara em direção ao "Grande Talvez". 

Desde as primeiras páginas eu me identifiquei com Miles, o gordo. Primeiro que eu comecei essa leitura em uma fase da minha vida bem parecida com a fase da vida de Miles no começo do livro: a saída de casa para se estudar fora. Como ele, eu nunca fui popular e tive muitos amigos. Até os pais dele são idênticos aos meus. Mas o que mais me tocou foi que eu já pensei em muitas coisas que ele acaba pensando no livro, e a minha opinião sobre a vida e a morte que ele chega a concluir é muito parecida com a minha, e eu acho que foi isso que me tocou no livro. 
 E o livro me tocou de verdade. Eu senti sensações que eu nunca tinha sentido antes durante e após a leitura. É difícil de explicar! Uma prova disso é que esse foi o primeiro livro em que eu chorei, e eu não chorei nas partes que as pessoas geralmente choram, eu chorei na ultima parte, que foi a que mais me tocou. 


Mas esse livro não seria tão especial assim se ele não fosse escrito por John Green. Esse cara sabe escrever muito bem. Eu daria tudo para ser amigo dele e ficar horas e horas conversando com esse nerd filho da mãe que consegue fazer de uma história simples um mergulho na filosofia da vida. 
Eu li o outro livro, famoso, escrito pelo mesmo autor, A Culpa é Das Estrelas, e gostei bastante, mas esse eu amei. Posso dizer que é o melhor livro que eu já li até hoje. Talvez eu ache isso pelo livro ter essa ligação forte comigo! 
Como no outro livro que eu li do autos, esse livro nos faz parar para pensar um pouco sobre as coisas. Sobre muitas coisas! E eu não ficava só algumas horas pensando, eu ficava o tempo todo refletindo sobre o que o personagem refletia na história, e eu acho que é muito bom você parar um pouco e se fazer algumas perguntas sobre alguns assuntos!

Foi difícil achar esse livro. Eu estava louco para te-lo, mas estava esgotado praticamente todas as livrarias. Eu estava quase desistindo quando eu achei ele na Cultura, e comprei na mesma hora! E agora eu vou guarda-lo com muito cuidado e carinho (e não vou emprestar para ninguém), pois eu não quero ficar sem!
Bom.. Eu estou super sem palavras, e não interprete isso como clichê pois eu estou mesmo. A escrita é perfeita, com um linguagem jovial mas que não deixa a escrita sem bagagem, os personagens são bem construídos.. Para mim é um puta livro, e eu recomendo que todos leiam esse livro, pois ele é demais! 


Espero que tenham gostado da resenha! :)

Beijos e Abraços!

Um comentário:

  1. Eu não consegui criar muita simpatia pela Alasca, mas o livro me emocionou e quase me faz chorar. É um leitura leve com dramas adolescentes interessantes de ser ler/conhecer. Não é, de fato, uma obra-prima, mas é muitíssimo bom por todas as indagações que ele planta na mente do leitor.

    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir

Gostou? Comente: